JOVEM CANTO

    Formado em 2009, o Jovem Canto é um coro semiprofissional para jovens cantores, regentes, alunos de canto, instrumentistas, estudantes de música e cantores amadores com experiência, selecionados através de audição. Preparado pela equipe da Academia Concerto, busca um resultado de alta qualidade para apresentações em concertos, obras sinfônicas, gravações de vídeos, realização de turnês e participações em festivais nacionais e competições internacionais de música coral.  

 

    Compromete-se a ser um espaço para os jovens terem contato com a música coral de concerto, com repertório diversificado e tecnicamente desafiador, que explora sonoridades diferentes e novas linguagens musicais. Em seu repertório estão obras de compositores como Janequin, Scarlatti, Bach, Beethoven, Whitacre, Widmer, Stroope, Jobim e Ronaldo Miranda. Os estilos vão do erudito ao popular, passando pelo jazz, spirituals, música sacra, MPB, ópera e musicais. Desde sua formação é regido pelo diretor artístico e fundador da Academia Concerto, maestro Altamiro Bernardes, tendo a maestrina Lana Bernardes como assistente.

​"Participar do Jovem Canto foi uma experiência incrível e a qual manterei sempre em minhas lembranças. O alto nível do grupo, resultado de uma excelente condução, me deixava orgulhoso e feliz em poder fazer parte."

Gustavo Venâncio - tenor

 

    Os membros do coro recebem treinamento em técnica vocal, leitura musical, percepção, história da música, harmonia e estética musical, sempre no contexto da atividade e do repertório coral, numa linguagem direcionada aos jovens. Além das apresentações do próprio grupo, o coro participa de atividades educacionais dirigidas como concertos didáticos, apresentações e ensaios de grupos profissionais, workshops, palestras e conversas com músicos profissionais, maestros, professores, cantores, produtores, etc. Já participaram de workshops com os grupos vocais "BR6" (Brasil) e "XCor" (Venezuela), "Expressão e Interpretação no Palco", com o professor, diretor e produtor teatral Odilon Mendes (Brasil) e com os maestros Joaquim Paulo do Espírito Santo (Brasil) e Jae-Joon Lee (Coreia).

 

    Em setembro de 2013 compôs o coro da ópera, em versão concerto, "Joanna de Flandres" de Carlos Gomes com a Orquestra Sinfônica de Campinas, sob a regência do maestro Victor Hugo Toro, ao lado de solistas da cena operística brasileira: Elizeth Gomes, Márcia Guimarães, Henrique Bravo, Paulo Queiroz, Douglas Hahn e Sávio Sperândio.

"Cantar no jovem em canto foi uma experiência impressionante. No decorrer dos ensaios e até mesmo das apresentações, notei uma evolução muito grande em minha voz. Isso é claro, devido ao trabalho intenso nos ensaios com a preparação da voz. Notei que minha voz ganhou maior extensão e potência. O repertório era algo impressionante e gostoso de cantar."

Gustavo Ribeiro - tenor

    Em maio de 2014 realizou seus primeiros concertos no exterior com uma série de 10 apresentações na Polônia. Fez o concerto de abertura do 7º International "Edmund Szymanski" Choral Festival na cidade de Murowana Gòslina, também abriu o Festival "Academia Cantat" em Gdynia. Competiu no X Festival Internacional de Coros MUNDUS CANTAT, ao lado de grupos da Polônia, Espanha, Venezuela, Japão, Alemanha, Suécia, República Checa, Rússia e Ucrânia, recebendo "Diploma Prata" nas três categorias em que concorreu: Música Sacra, Música Secular e  Spirituals, Gospel & Jazz. Teve o registro de uma peça no CD "Singing For Birds", álbum exclusivamente gravado com canções que tem pássaros como tema central, com a peça "Les Chant Des Oiseaux" (O Canto Dos Pássaros) de Clement Janequin (1485 - 1558). Este foi um trabalho produzido e patrocinado pela Fundação "Ptaki Polskie" (Pássaros da Polônia).

© 2019 Academia Concerto

  • academia concerto facebook
  • Branca Ícone Instagram
  • w-tbird
  • Branca ícone do YouTube
  • Academia Concerto LinkedIn
  • Academia Concerto Pinterest